Cuidados na saúde bucal do idoso

A higiene oral é um hábito saudável e agradável que deve ser mantido ao longo de toda a vida. Alterações da mucosa oral, perda de dentes, próteses mal ajustadas, gengivites (inflamação das gengivas), diminuição do fluxo salivar, são fatores que podem ocasionar infecções na cavidade oral

A Diminuição das papilas salivares alteram o paladar e diminuem a salivação. deve-se oferecer bastante água durante todo o dia para o idoso, evitando a desidratação e mantendo a boca sempre úmida, diminuindo assim o aumento na concentração de bactérias que se instalam na boca do idoso.

 

Para o idoso totalmente dependente, que não consegue realizar a higienização bucal, o cuidador pode utilizar abridores de boca para facilitar a limpeza, como por exemplo, o gargalo de uma garrafa de refrigerante descartável (tipo PET); a ponta do gargalo é colocada na boca do idoso (na região posterior) para que ele a morda, dessa maneira ele fica com a boca aberta facilitando o acesso e a higienização, evitando uma mordida repentina.

Deve-se ter maior atenção para a higiene oral nos pacientes que usam prótese dentária. Estas devem ser retiradas após cada refeição, higienizadas fora da boca, e após limpeza da cavidade oral recolocadas.

Pacientes muito confusos, devem ter suas próteses dentárias retiradas à noite, colocadas em solução anti-séptica, e após higienização, recolocadas pela manhã . Alguns pacientes não devem permanecer com a prótese mesmo durante o dia, pela possibilidade de a engolirem. Nestes casos é recomendado colocá-la somente no momento da refeição.

Para a higienização bucal do idoso parcial ou totalmente dependente é necessário que ele fique numa posição confortável, com a coluna reta, de maneira que sua cabeça seja facilmente segura durante a limpeza, de frente para a pia com espelho ou com uma bacia e espelho na mão.

O cuidador poderá ficar por trás do idoso e um pouco de lado, usando sempre luvas. Dentaduras e pontes deverão ser retiradas da boca antes de escovar os dentes naturais

A Escova Dental
Colocar uma pequena quantidade de creme dental em uma escova pequena e macia e, após a limpeza, pedir que realize vários bochechos com água ou na impossibilidade disso, tentar que só cuspa. Se a escovação for impossível, consultar sobre o uso de escova elétrica ou jatos de água.

Para os desdentados deve-se utilizar uma gaze ou algodão embebido em água, para a limpeza das mucosas. Essa limpeza deve ser realizada após cada refeição e, principalmente à noite, antes de dormir.Como usar a gaze: Envolver a gaze no dedo indicador e após umedecê-la passar por toda cavidade oral, sem esfregar, mas com movimentos firmes para retirada de todo a sujeira. Se necessário trocar de gaze durante a limpeza Também pode ser feita a bonequinha, envolvendo gaze em espátula de madeira e realizar o mesmo procedimento.

Desinfecção de prótese: Periodicamente, faça uma limpeza mais rigorosa das dentaduras e pontes móveis em uma solução de meio copo de água comum com três gotas de água sanitária por 30 minutos, duas vezes por semana no mínimo, colocadas em recipiente com tampa. Em seguida lave bem com detergente neutro ou sabão de coco em água corrente.

Muitas vezes, a recusa do paciente em alimentar-se ou sua agitação no horário de refeições deve-se ao fato de próteses mal ajustadas ou pode significar simplesmente uma dor de dentes.

A estabilidade da prótese dentária na boca do paciente: Lembrar que com o envelhecimento ocorre perda óssea, fazendo com que as próteses fiquem frouxas e se desestabilizem. É conveniente neste caso, aconselhar-se com um dentista.

A presença de cáries ou dentes quebrados podem causar dor. Existem equipes de profissionais (Dentistas) que atendem no domicílio pacientes que se encontram impossibilitados de comparecer ao consultório.

A Língua: A língua do idoso deve ser massageada com a escova macia, ou raspador de língua para a remoção de no caso de presença de uma crosta branca sobre a língua saburra lingual removê-la utilizando uma solução de bicarbonato de sódio, na proporção de 1 colher de café de bicarbonato de sódio em 1 copo de água. Para executar a limpeza da língua, molhar na solução a escova de dentes, ou uma espátula envolvida em gaze, ou mesmo o próprio dedo indicador envolto em gaze. A limpeza deve ser feita com movimentos suaves, sem esfregar, para não alterar as papilas.

Sempre realizar os movimentos no sentido de dentro para fora, nunca com a espátula ou dedo apontando para o final da língua, isto para evitar que machuque a garganta ou amídalas do paciente

Você está aqui: Página Principal